segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

ESTUDAR PESA NO BRASIL...

   Livros, cadernos, fichários, estojos, notebooks... Cada dia que passa fica mais pesado estudar, literalmente.
   Não sou uma das pessoas que gosta de puxar saco dos EUA, porém a iniciativa de dar um armário na escola para cada aluno guardar seus pertences facilitou a vida demasiado dos estudantes. Além dos estudantes poderem guardar com segurança (tal palavra não tem relação com as escolas brasileiras) seus pertences eles também podem deixar o que utilizam somente na aula já armazenado no armário. No horário do lanche ou da educação física e podem guardar seus pertences para ter mais conforto nesses intervalos.
Acho que já mencionei isso em outra postagem, mas vou dizer novamente: A EDUCAÇÃO NO PAÍS É MUITO POUCO VALORIZADA. Não vemos investimento nas escolas, não vemos investimento das empresas em variar e modernizar o mercado de material escolar.
   Por outro lado, temos investimento gigante na indústria alimentícia, de roupa, de tecnologia, sendo que todos estão esquecendo que para continuar com o investimento e lucro enorme que as empresas estão obtendo no momento elas terão que capacitá-los, e creio que essa capacitação será realizada pelas escolas e universidades.
   Os estudantes do nosso país, principalmente as crianças deveriam ser tratados como príncipes e os de mais importância e não “a sobra” que é o que está acontecendo a muito tempo.
   Crianças na rua querendo ir para a escola, crianças na escola criadas por pais que as fazem sentir ódio pela escola, professores que sabem que vão receber pouco e mesmo assim quando assumem um emprego o fazem com toda má vontade, salários baixos para todos, livros pesados e com conteúdo de baixa qualidade.
   Se não começarmos a mudar hoje, a partir deste exato segundo, tenham certeza que meus filhos e seus filhos estarão cada dia mais despreparados e perderão todo o prazer que felizmente conseguimos encontrar em ler e escrever e passarão de pessoas conscientes para corpos vazios que não sabem nem sobre o mundo e muito menos sobre si mesmo.

6 comentários:

  1. concordo plenamente com você, muito bom ver um post falando sobre esse assunto, porém, infelizmente é bem mais complicado do que imaginamos fazer mudanças como essa...

    ResponderExcluir
  2. Oii Paula,
    Sabe, tbm não gosto de ficar puxando o saco dos EUA, mas a situação da educação no Brasil já está revoltante!!
    Pagamos impostos super caros e temos poucos benefícios, está dificil não se revoltar e ver que a grama do vizinho está realmente BEM mais verde, a educação é tratada aqui com um grande descaso.
    Concordo plenamente com seu post, seguindo.

    Espero sua visita
    http://my-literarylife.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Paula, adorei o post! Chega a ser vergonhoso o nível ao qual o Brasil limita os investimentos em educação; As crianças/adolescentes sequer valorizam o momento de ir à escola e encaram tal "necessidade" como um sacrifício, uma obrigação mesmo... Com certeza, não é "puxar saco" dos EUA, é simplesmente admitir que eles têm interesse em tornar as obrigações humanas e sociais mais atrativas à população. Amei mesmo seu post, flor, adorei o blog inteiro, está lindo, parabéns! Beijos ;) #Seguidora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada... sinta-se a vontade para visitar
      Abraço

      Excluir